Create your blog and photo album with postbit
Create your blog and photo album

Create new post

Content:

Upload a picture:
Tags (keywords separated by comma)

Save Cancel
blogprofissional:   Followers: 2 ; Following: 0

Explore blogprofissional's photo albums:
Publicidade online (2)
Photos from posts (8)
Receita gerada com publicidade (1)

Marcas de empresas em redes sociais


3 características de perfils de marcas em redes sociais, uma análise de características em comum de empresas e marcas com muitos seguidores em mídias sociais:

  1. Seja útil: Ajudar as pessoas a realizarem algo de forma mais eficiente.
  2. Desperte e alimente uma paixão: Ex: O conteúdo compartilhado pela marca Harley Davidson ajuda a manter a conexão das pessoas com o objeto de desejo.
  3. Compartilhe sua ideologia: Afinidade de ideais. Pessoas querem compartilhar as visões e experiências. Cria conversa ao redor da marca. "Toda a marca tem uma vocação".

 

Fonte: Revista Performance Sustentável Itaú, na coluna por Lucas Mello da LiveAd (agência digital)

 

Post by blogprofissional (2016-07-31 12:22)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Metodologia Inbound Marketing

Estratégia de Inbound

As fases e ferramentas da metodolgia Inbound são:

1) Fase de ATRAIR usuários (para transformá-los em VISITANTES)
 - Blog
 - Palavras chave (keywords)
 - Social Publishing

2) Fase do PROCESSO DE CONVERSÃO: O email do usuário precisa ser obtido, o email é a MOEDA CORRENTE ($$$$).

 - Formulários
 - Call to Action
 - Landing Pages
 - Formas de "pagamento" pelo email: E-books, whitepapers, folhas de dicas, qualquer informação valossa

3) Fase do CLOSE (fechar a venda)
 - CRM
 - Email
 - Workflows

4) Fase DELIGHT (para transformar o CLIENTE em PROMOTORES)

 - Surveys
 - Smart Content
 - Social Monitoring
 

Durante QUALQUER fase precisa ter o processo de ANÁLISE (analytics).
A Análise deve ser inerente a todas as etapas.

 

Melhores práticas de Inbound Marketing:

Prática 1) Usar a persona do comprador
 - Usar "buyer personas" (para ter as "pessoas certas", "clientes ideais"). É a representação semi-ficcional do cliente ideal, baseado em dados reais (com pesquisa, identificação de tendências e criação de histórias de perfis). Ajuda a entrar na mente do cliente potencial, serve para criar o conteúdo correto. Descobrir o POR QUÊ das ações dessa persona. Pode ter várias personas, tantas quanto forem necessárias. Inclua objeções que o cliente faz.
Qual o seu trabalho? Qual o seu objetivo? Demografia (idade, renda, gênero). Quais seus desafios? Como podemos ajudar? Objeções comuns. Usar as próprias palavras da persona (real quotes). Quais os identificadores da pessoa? (ex: calm demeanor = comportamento calmo, assistant screening = assistente de triagem ) 

Entreviste os clientes, pergunte o POR QUÊ, WHY: Pois não são as ações e sim as motivações da persona que importam.
Entrevistar vários, o suficiente até conseguir identificar tendências.
Criar a presona é necessário para QUALQUER tipo de negócio.

 

Prática 2) Usar a jornada do comprador
 - Use Buyer's Journey (A Jornada do Comprador), são 3 fases (ao invés de falar em funil):

  • Fase 1: FASE DO CONHECIMENTO (awareness stage)
  • Fase 2: FASE DA CONSIDERAÇÃO. Aqui ele COMPILA UMA LONGA LISTA de todos os fornecedores e produtos e em seguida pesquisa para REDUZIR A LONGA LISTA, ele gera uma lista mais curta antes de tomar a decisão de compra.
  • Fase 3: FASE DA DECISÃO


Prática 3) Criar conteúdo relevante e impressionante ("necessário", não apenas "interessante").

O médico precisa prestar atenção aos sintomas. Não apenas dar o remédio e ir embora.
Então o site não pode ficar apenas oferecendo o produto e mostrando que é o melhor.
Solução: Criar conteúdo que abrange os problemas dos seus usuários (buyer personas problem's) e que abrange potenciais soluções.

O consumidor quer ser instruido, educado.

Prática 4) Alavancar o conteúdo

Táticas de distribuição do conteúdo. Distribuir o conteúdo (para as pessoas certas) através de ferramentas: 
Páginas do site
Blog de negócios
Midia social
Landing Pages
Call-to-actions
Email marketing

 

Post by blogprofissional (2016-07-27 00:37)

Post your comment:

Name: Email: Site:

E-Rede solução Integrada


O produto E-Rede da UseRede parece ser mais novo e melhor que o Komerci Integrado, pois o manual começa assim:

"A nova solução de meio de pagamento online da Rede, denominada “e-Rede”, oferece a melhor solução de vendas pela internet para seus clientes, priorizando sua estratégia na excelência dos meios de pagamento."

Documentação técnica: https://www.userede.com.br/pt-BR/produtosservicos/Documents/Ecommerce/Guia_de_Integra%C3%A7%C3%A3o_ao_e-Rede_v8.pdf
O título do arquivo é "Guia de Integração ao e-Rede", mas a primeira página (capa) diz: "Manual de Integração ao e-Rede".

Ao tentar acessar o endereço de para "Teste de Integração" (pg. 28 do Manual), aparece o seguinte erro:
URL: https://scommerce.userede.com.br/Beta/wsTransaction
Erro: Invalid Request!Unable to read data. Try Again!777777

Liguei no suporte por telefone e a atendente não quis passar número de protocolo do meu chamado, pois disse que "Minha tecnologia está cadastrada indevidamente e que será necessário fazer uma atualização tecnológica do meu cadastro", por esse motivo ela não iria "abrir o chamado". Além disso, a atendente falou que o produto "e-Rede" "É um produto que deu alguns tipos de divergência então não estamos credenciando.". 
Outro problema (menor) foi que ao ligar no suporte, eu precisei digitar o Número de Estabelecimento (userede) mas quando a atendente atendeu, ela pediu para eu falar novamente o número de estabelecimento que eu já tinha digitado no telefone.

 

A solução "Simplificada" é o POS (sigla P.O.S. = Point Of Sale), não é para compra pelo site online, pois o lojista precisa entrar com o login para fazer a compra do cliente usando o cartão, na loja mesmo.
A solução "Integrada" E-Rede possui interfaces: Padrão ou Personalizada. Para usar no site. Deve ser esse o que o manual chama de "Método de Hospedagem Pelo Servidor".
A solução "WebService" usa a  API da Rede.

POO =  "P.O.S. Wireless Outdoor" (ponto móvel de cobrança)

Veja também a solução informações sobre Komerci Userede.

Post by blogprofissional (2016-01-17 12:38)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Userede - Vendas com cartão de crédito pelo site


Review do produto Komerci Integrado, solução da UseRede para comércio Eletrônico

PROBLEMA 1: O Komerci Integrado não funciona em smartphone nem tablets, pois precisa de FLASH

De acordo com o suporte da UseRede (www.userede.com.br), não é possível usar a solução Komerci Integrado utilizando telefone celular ou smartphones, pois é necessário uso de FLASH na tela de "aguardando processamento" do cartão, o que faz com que o processamento do cartão de crédito trave na tela do celular, com mensagem de erro dizendo que o plugin não é suportado.

A tela de preencher dados com o número de cartão de crédito do cliente é essa:
https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/FormCartao.aspx

Aparece: "MasterCard (ou VISA) - Ambiente Seguro de Pagamento"
1. Seus dados: Nome do portador (como impresso no cartão), data de validade (mês e ano), "Complete o número do seu cartão", "Código de Segurança" e "Digite no campo abaixo os caracteres que você vê na imagem" (O sistema não distingue letras maiúsculas e minúsculas), com opção para gerar nova imagem e o botão "Finalizar".
Aparece também "Sua Transação - Você está realizando uma transação no valor de R$ (valor,centavos)" no(a) (nome da empresa).

Ao clicar em finalizar vai para uma página com o seguinte endereço dentro do frame:
https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/InformacoesCartaoMastercard.aspx

O trecho em flash que dá o problema de compatibilidade com mobile (smartfones e tablets) é esse:

<embed src="Imagens/conecting.swf" quality="high" pluginspace=http://www.macromedia.com/go/getflashplayer type=application/x-shockwave-flash width="236" height="207">
</embed>

A imagem em flash que mostra "carregando" é essa:
https://ecommerce.redecard.com.br/pos_virtual/Imagens/conecting.swf
(Só funciona em desktop, o que impossibilta vendas online para usuários de celular ou tablet)

Assim, vou precisar achar uma outra solução de cobrança online com cartão de crédito onde os usuários possam fazer as compras pelo versão mobile do site, usando tablets ou celulares, que não suportam Flash.

PROBLEMA 2: A imagem do Captcha muitas vezes aparece incompleta ou totalmente ilegível

Imagem (screenshot) da página de captura de número de cartão de crédito, mostrando problema no Captcha, que não mostra os números de maneira completa, ficando com a imagem cortada e precisando regerar a imagem várias vezes até funcionar:

 

Problema 3: Ao tentar realizar uma transação aparece constantemente o "ERRO 74"

Mensagem de erro retornada ao tentar completar a transação, após colocar o número de cartão de crédio no site redecard:

CODRET=74
MSGRET=Ocorreu+uma+falha+no+processamento+de+sua+solicitacao.+Tente+novamente.

DESCOBRI O QUE ERA O PROBLEMA. Para resolver foi necessário mudar o conteúdo do campo "número do pedido" (NUMPEDIDO) para não incluir "-". Então coloquei apenas números neste campo NUMPEDIDO.

 

Ao fazer a compra com cartão válido, mas data inválida (diferente da data que aparece marcada no cartão de crédito), o erro de retorno é:

Problemas com o cartão. Por favor, verifique os dados de seu cartão. Caso o erro persista, entre em contato com a central de atendimento de seu cartão. Código do erro (CODRET): 77

O banco mandou mensagem SMS com o conteúdo: "Desculpe, compra não aprovada (valor) em (data). Data validade incorreta. Por favor, redigite."

 

Ao realizar a compra corretamente, o código de retorno vem assim (no URL, pelo método GET):

NUMAUTOR=(número)
NUMSQN=(número)
NUMCV=(número igual ao NUMSQN)
NUMAUTENT=(número)
NUMPEDIDO=(número do pedido)
DATA=aaaammdd
PAX1=
NR_CARTAO=nnnnnn******nnnn
ORIGEM_BIN=BR
NUMPRG=0
NR_HASH_CARTAO=(hash em hexa)
COD_BANCO=(número)

Post by blogprofissional (2016-01-06 15:03)

From: Patrícia
Isso me ajudou PAAACCCCAAAASSS nossa sofri muito com essa REDE, pior ferramenta de pagamento que já usei hugh 2016-05-03 18:51

Post your comment:

Name: Email: Site:

Como receber pagamentos pelas vendas no site

Se você vende algo pelo seu site (ex: comércio eletrônico de serviço ou de produtos), existem várias opções para receber dinheiro do pagamento das vendas. Exemplos:

 

  • Paypal -Veja como receber pagamentos com paypal. É o menos pior pois aceita clientes internacionais.
     
  • Moip - Desvantagem: funciona somente em território nacional (Brasil), não disponibiliza interface em inglês para que as possoas possam pagar com cartão de crédito internacional a partir de outros países. Cobra para cobrar com cartão de crédito 7,4% + R$ 0,39/transação.
     
  • MaxiPago - Gateway de Pagamento - Disponibiliza ao consumidor várias opções de pagamento. Documentação de integração Maxi Pago: http://www.maxipago.com/docs/maxiPago_API_Ultima.pdf 
    "Você deve ter cadastro nas adquirentes de cartões conforme Guia de Afiliações":
     * Cielo
     * Rede: Precisa fazer a habilitação do e-Rede (ou seria "Komerci"?). www.userede.com.br
     * Amex
     * Elavon
    DÚVIDA: Pra que precisa do MaxiPago se é possível fazer a cobrança via cartão de crédito usando apenas a e-Rede/Komerci?
     
  • PagSeguro - BRPay comprado pelo UOL. Cobra 6,4% de tarifa de cartão de crédito + R$ 0,40 por transação. Demais tarifas: 2,9% + R$ 0,40 por transação. Cobra para parcelar 1,99% ao mês. Desvantagem: Só funciona para cobrar dentro do Brasil (não cobra de compradores em outros países).
     
  • Userede: E-rede/Komerci. Komerci possui 3 opções:
    1. Solução simplificada (Portal Rede, lojista digita o cartão do comprador pelo site da Rede. Usado por Call center e profissional liberal);
    2. Solução Integrada Ambiente de Rede (tem "Interface Padrão" e "Interface Personalizada".). Na "Solução Integrada" os dados do cartão são inseridos pelo comprador no ambiente da Rede (no checkout do carrinho de compras). Ver manual do Komerci Integrado (PDF).
    3. Solução WebService: para integrar sistema.
    Ver manuais do Komerci (Komerci Integrado e Komerci Web Service) ou direto o PDF:
    https://www.userede.com.br/pt-BR/Lists/Downloads/Attachments/11/2409_Manual_Komerci_Integrado.pdf (Manual Laranja)
    https://www.userede.com.br/Documents/Manuais/Manual_Komerci_Integrado.pdf (Azul/Amarelo)
     
  • Braspag: Gateway de Pagamento, empresa da Cielo.

O manual Azul/Amarelo fala que as banderias aceitas são apenas MasterCard, Diners e Visa, mas o manual laranja inclui também Hiper e Hipercard.

Resumo de utilização do Komerci:
Instalação do Komerci:
https://www.userede.com.br/pt-BR/produtosservicos/Paginas/komerci_instalacao.aspx

* Precisa contratar o Mastercard SecureCode e Verified By Visa (eu liguei e já estava habilitado).
Ao fazer o credenciamento, o site já é homologado.
Precisa habilitar para fazer vendas com cartão de crédito emitidos em outros países (ex: compradores do exterior em site de e-commerce internacional). Mas para compradores internacionais não funciona a venda parcelada, somente a rotativa (à vista). 
No meu caso, a atendente confirmou que o MasterCard e Dinners internacionais já podem ser usados para vendas internacionais. Mas o Visa não está habilitado. Precisa solicitar o uso de vendas com cartão Vista Internacional a habilitação com o setor cadastral. Fone 4001-4433, opção 8.

AVS = Address Verification Service

Post by blogprofissional (2015-08-20 11:14)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Site com malware


Ao verificar o site no Webmaster Tools, apareceu a seguinte mensagem de alerta:
 
Undetermined malware
These pages directed users to a site that serves malware or unwanted software. Unfortunately, the malicious code within the page could not be isolated.
 
O problema é que o Google Webmaster Tools não forneceu URLs de exemplo com endereços maliciosos que possam ter causado esse problema.
Ao verificar no diagnóstico do Google Safebrowsing, apareceu o erro:
"Of the 306 pages we tested on the site over the past 90 days, 140 page(s) resulted in malicious software being downloaded and installed without user consent. The last time Google visited this site was on 2015-06-24, and the last time suspicious content was found on this site was on 2015-06-24."
 
O que pode ter causado o erro foi colocar banners de provedores suspeitos de publicidade (ao invés de usar o AdSense), que podem ter fornecido banners de origem duvidosa e levado os visitantes do site a fazerem download de arquivos executáveis com malware ou virus.
 
Próximos passos: Remover a publicidade do site e fazer pedido de reconsideração através do link no link no Google Webmaster Tools.
 

Post by blogprofissional (2015-06-25 11:38)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Monetização com BuySellAds

Para quem quer anunciar (comprar espaço em sites), o BuySellAds 1800 publishers vendendo espaço publicitário (são cerca de 60 páginas com 30 publishers em cada). É possível ver quantas impressões tem cada publisher e ver o custo por mil (CPM) para anunciar em cada um.

Também é possível comprar anúncio em mensagens de twitter dos publishers. Tem cerca de 730 resultados ao buscar quem vende espaço em tweets. Até celebridade como a Paris Hilton vende posts no Twitter, cobrando $4600 por tweet (tem mais 12 milhões de seguidores).

Veja quem usa o BuySellAds (na lista de sites que fazem link para o Buy Sell Ads).

 

Post by blogprofissional (2014-06-25 00:01)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Acessos que chegam do Google

Para analisar os acessos ao site feitos a partir da busca do Google, entre em Google Analytics:
Acquisition -> All Traffic
Isso vai mostrar qual quantidade e porcentagem dos acessos chegam a partir do "Google / organic" ou de outros sites e sistemas de busca.

Também aparecerá a quantidade de acessos direta, com o nome: "(direct) / (none)"

Para saber quais palavras-chave são digitadas pelo usuário na busca do Google, veja em:
Acquisition -> Keywords -> Organic

Porém o problema é que a grande maioria (entre 80% e 90%) aparece como "(not provided)", pois o Google está ocultando as palavras buscadas pelo usuário. Talvez seja por motivo de privacidade ou para que o webmaster do site tenha menos controle sobre os termos (palavras-chave) usados na busca para evitar abuso.

 

Post by blogprofissional (2014-05-21 15:50)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Viver de blog - análise do site

Um blog profissional que gosto bastante é o viverdeblog.com.

O criador do "Viver de Blog" é Henrique Carvalho, do Rio de Janeiro.

De acordo com o Google, existem 122 páginas indexadas no site. A sintaxe da busca que mostra a quantidade de páginas existentes no site é: 
site: viverdeblog.com

O blog dá várias dicas de marketing digital, rede social, publicidade online, produção de conteúdo para blogs.

Uma das técnicas que ele usa ao escrever artigos é:
 - Fornecer no início do artigo um resumo (lista com bullets) do que o leitor vai aprender se ler até o final. Por exemplo ele escreve "Continue lendo para saber mais sobre: - Tópico A, - Tópico B, - Tópico C"

- No meio do artigo ele pede para o usuário se cadastrar no mailing para receber newsletter. Exemplo: "Fique atualizado! Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!" (fiz meu cadastro e recebi a confirmação de que além de mim já existem mais de 50 mil leitores cadastrados!)

- Ao finalizar meu cadastro para receber newsletter, ele aproveitou a página de confirmação para colocar 3 call-to-action na forma de passo-a-passo #1 (compartilhe facebook/twitter), passo #2 (siga nas redes sociais), passo #3 ("Saiba mais sobre o viver de blog e minha história"). 

- Após 15 minutos depois de receber a confirmação padrão de cadastro, recebi um primeiro newsletter (pré-programado) com boas vindas, apresentação e um guia para me ajudar a melhorar minha presença online e geração de tráfego.

- Fornece instruções práticas detalhando os métodos de divulgação, crescimento e produção do blog.

- Compartilha os números dos resultados: Faturamento, page views, usuários cadastrados no mailing, tamanho da audiência e outras métricas.

- Compartilha o quanto ganhou abrindo as informações financeiras ("open the kimono") de algumas atividades desenvolvidas (como ganhos recebidos pela venda de livro online).

- Usa programa de afiliados (marketing de afiliados) e parceiros: 

- Usa variável customizada no código do Google Analytics.

- Fez até um encurtador de URLs chamado "vdblo.gg" para divulgar links dos artigos em redes sociais.

- Escreveu um eBook (vendido) para ter renda passiva, com base no lema é "Trabalhar de modo ativo agora para colher os resultados de modo passivo depois.". O livro foi feito com o Hotmart (ferramenta de gerencialmento de afiliados e distribuição). O livro é "Alocação de Ativos" (vendido no formato pdf).

- Incentiva os visitantes a compartilharem o site usando frases do tipo: "Se você gostou desse estudo clique aqui para retweetar a mensagem abaixo." (sendo a frase abaixo uma citação daquelas bem twitável como por exemplo essa: "Estudos comprovam: A chance de um visitante não confiar em seu site por causa de seu design é de 94%")

- Fornece resumo (listando principais itens) de algumas pesquisas importantes internacionais sobre usabilidade de sites

- Cria conexão com o visitante ao fornecer informação pessoal sobre o autor do site.

- O foco principal do site (main call to action) é fazer o leitor cadastrar o email para receber newsletter.

Frases e citações selecionadas do Viver de Blog:
- "Money is on the list - dinheiro está na lista (de emails cadastrados). Criar e crescer a lista de emails é tarefa obrigatória de todo empreendedor digital."

- "Se você não captura emails para a sua lista de email, me desculpe, mas você está deixando dinheiro na mesa".

- "Quem faz a arte é o artista, não a ferramenta."

- "Não importa se seu conteúdo é uma obra-prima. Para um visitante novo, o mais importante é a primeira impressão."

Alguns conceitos que aprendi com o Viver de Blog:

- Design é principal motivo do usuário "confiar" ou "não confiar" no site, de acordo com pesquisa Trust and mistrust of online health sites de Elizabeth Sillence.

- Como deixar o site mais clean diminuindo as opções fornecidas (o problema do Paradoxo da Escolha)

Post by blogprofissional (2014-05-03 12:49)

Post your comment:

Name: Email: Site:

Como vender um blog

Hoje li uma história de sucesso de blog que foi vendido por $ 36200 dólares no Flippa. A vendedora (Amanda Tinney) escolheu um nicho (cupcakes) e fez o thecupcakeblog.com. A venda do blog virou notícia do dia no Hacker News (How to sell a blog ou "Como vender um blog"). A vendedora divulgou o modelo de negócio muito simples:

1) Encontre um assunto específcio (nicho) que tenha tração (interesse dos usuários aumentando).

2) Promova blogs sobre o assunto, faça o possível para promover acesso a esses outros blogs indicados.

Conseguiu mais de 20 mil seguidores no Twitter e mais de 6000 fans no Facebook. Conseguiu meio milhão de page views por mês em apenas 2 anos. A principal fonte de receita é através de propagandas (adsense).

Verifiquei agora e o número de seguidores no Twitter já aumentou para 32 mil. E a conta segue 16 mil outras contas! E tem mais de 8500 mensagens postadas no Twitter. E a quantidade de fans no Facebook já aumentou para 20 mil.

Ao procurar no google, verifiquei que o blog atualmente tem 27.600 páginas. De acordo com o dig.do do the cup cake blog, o rank do alexa não é muito alto. A quantidade de imagens no pinterest é muito grande, mesmo sem ter conta no Pinterest, pois usuários diversos postam voluntariamente imagens do blog no Pinterest.

 

Post by blogprofissional (2014-05-01 20:54)

Post your comment:

Name: Email: Site:



  Page 1 of 4 NEXT PAGE >>

| Explore users | New posts | Create your blog | Create your photo album |
| About Postbit | Our blog | Terms of use | Contact Postbit |


Copyright © 2017 - postbit.com